Decorando a casa, onde foi que eu errei?

Olá, como estão?

Hoje quero contar um caso que aconteceu com uma cliente.

Eu tenho uma cliente chamada Ana* (vou chama-la assim para ela não brigar comigo..rs), e ela comprou um apartamento novo. Lindíssimooo! Porém, ela não sabia por onde começar.

Então ela decidiu visitar várias lojas, para saber o que estava na moda, conhecer estilos, o que é tendência, ver cores, tudo aquilo que adoramos! E eu acho ótimo quando o cliente já sabe qual estilo lhe satisfaz mais.

No entanto, a Ana se empolgou nas visitas, e começou a comprar várias peças. Em uma loja comprou vasos, em outra porta retrato e por aí foi.

O problema foi quando ela encontrou 2 lindas poltronas em promoção. Aquela poltrona do sonho, que deita, puxa embaixo para esticar as pernas, afinal, quem não gostaria de uma poltrona assim, ou melhor, DUAS poltronas dessas.

Quando os itens e as poltronas foram entregues no apê, foi um misto de sentimentos. Alegria pelas compras, e desespero por imaginar onde iria colocar tudo.

Pois é, ela comprou as poltronas lindas, porém, eram enormes. Ela esqueceu somente de um detalhe, onde colocar e como acomodar o estofado.

Além dos itens de decoração, que ela não imaginou cores e nem combinação, apenas foi comprando porque gostou ou porque o preço estava bom. Mas quem aqui nunca fez isso né?!

Parece exagero, mas isso realmente acontece, e com muita frequência. Tenho certeza que você se identificou com alguma situação.

Foi aí que a conheci, quando ela me procurou desesperadamente pedindo ajuda.

A solução foi a seguinte, para os objetos aproveitei de uma forma que adotasse o estilo que a Ana gostava, verifiquei o que combinavam entre si e coloquei na sala, e os outros que não estavam em harmonia, posicionei em outros cômodos. Compramos mais algumas peças para compor e no final ficou bem legal. E as poltronas, bem como já havia passado do tempo de troca na loja, a solução foi vender uma das poltronas e colocar um estofado que era necessário. Ela ainda ficou com 1 poltrona.

No final, a Ana ficou muito feliz, mas ela teve muito trabalho e acabou gastando além do necessário.

E afinal, o que eu quero falar com tudo isso?

Bem, imagina se lá no começo a Ana tivesse feito um planejamento de compras, ela poderia ter passeado pelas lojas, porém iria saber o que teria que comprar e ter uma estimativa de quanto poderia investir.

Se ela tivesse feito isso, teria poupado tempo e dinheiro. Porque imagina, ter que ir a todas as lojas novamente tentar uma troca de objeto, ou no caso dela, vender a poltrona por um valor menor que comprou. Acabou perdendo dinheiro. E não é isso que queremos, nossa intenção é economizar.

E quando isso acontece, nós nos perguntamos “Onde foi que eu errei?”, pois bem, errou quando não planejou. Quando resolveu fazer tudo por conta própria, sem entender muito do assunto, a fim de economizar.

Quando se tem um planejamento, você irá adquirir somente aquilo que será necessário, não terá gastos além do previsto, e tudo estará em harmonia. Cores, formas, medidas...

Mas, como posso me planejar?

Eu te digo, comece elaborando um projeto com um profissional. A ideia de que um profissional custa caro, é errado. Esse investimento é muito barato, tendo em vista todo o transtorno que ele irá te poupar, além de projetar algo que irá atender toda a sua necessidade, aquele espaço que você precisa para trabalhar, um espaço para guardar todos os brinquedos e deixar a casa organizada, aquele cantinho da casa super confortável, enfim, são varias necessidades, e esse profissional está apto para isso.

E no fim de tudo isso, pode ter certeza, você irá economizar.

Um bom planejamento é a chave para o sucesso, e isso é em tudo na nossa vida, desde trabalho, dietas, a organização da casa.

Por esse motivo, antes que aconteça com você o mesmo que aconteceu com a Ana, me procure para planejarmos todo o projeto da sua casa e tornar esse processo mais fácil, tranquilo e prazeroso. Você só tem a ganhar.

Um abraço!

*O nome foi substituído para não expor a cliente. Porém, ela me deixou contar a história.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square